Mediação Corporativa – Gestão de conflitos no ambiente de trabalho

Os conflitos fazem parte da humanidade desde seus primórdios, eles fazem parte da essência do ser humano. Os conflitos não são necessariamente bons, nem ruins. Eles são catalisadores. O que pode e deve ser feito é transformá-los! Os conflitos são propulsores de mudanças e avanços em todos os sentidos, basta saber administrá-los.

Os conflitos fazem parte da humanidade desde seus primórdios, eles fazem parte da essência do ser humano. Os conflitos não são necessariamente bons, nem ruins. Eles são catalisadores. O que pode e deve ser feito é transformá-los! Os conflitos são propulsores de mudanças e avanços em todos os sentidos, basta saber administrá-los.

Aqui vamos explicar brevemente o que são e como conduzir os conflitos no ambiente de trabalho…

Muitas são as causas dos conflitos organizacionais: ruídos na comunicação, rivalidade entre áreas ou indivíduos, falta de confiança, ambiente de fofoca, baixa produtividade, liderança omissa, baixa autoestima, ambiente com muitas reclamações e poucas realizações etc…

Estas causas, não sendo identificadas e tratadas adequadamente, podem ocasionar prejuízos reais aos resultados da empresa e desmotivar os colaboradores, ocultando ou perdendo-se talentos significativos.

Os conflitos podem, porém, ser transformados em ações voltadas para o equilíbrio e o crescimento da empresa por meio do debate de ideias, a busca de inovação, a otimização de processos e melhoria no relaciomento interpessoal.

Por isso, tão importante é a mediação corporativa.

A mediação é um procedimento que busca estabelecer o equilíbrio entre as partes envolvidas e viabilizar a comunicação interativa ajudando as pessoas a encontrar formas de lidar com seus impasses e conflitos de forma satisfatória.

O mediador, que é caracterizado por uma pessoa terceira neutra, coordena ações para que as partes envolvidas no conflito, por meio do diálogo, encontrem possibilidades para a solução da disputa. Normalmente, não apresenta uma solução para o problema, mas cria ambiente favorável para que os envolvidos a encontrem juntos; o mediador utiliza uma série de recursos para tal, como conhecimentos de psicologia, direito, técnicas de linguagem, dentre outros.

Todo este processo é caracterizado pelo sigilo e confidencialidade, condição singular para que a mediação aconteça. Outra condição importante é a voluntariedade, ou seja, a mediação depende da vontade das partes envolvidas de participar do processo.

Também é norteada pelo respeito à decisão dos envolvidos, que tem papel fundamental na elaboração de acordo. O acodo resultante da mediação norteará os relacionamentos e as atividades das partes com o objetivo de consolidar aquilo que foi estabelecido.

Quero mais informações

Resultados esperados com a Mediação Corporativa

Promoção de autoconhecimento, valorização e elevação de autoestima dos colaboradores da empresa.

Melhoria significativa da comunicação interpessoal e organizacional.

Estabelecimento de bom clima organizacional respaldado em respeito, compreensão e cooperação entre todos.

Mudança comportamental crescente dos colaboradores, refletindo na elevação da cultura interna e no tratamento adequado dos conflitos.

Aumento da produtividade e da melhoria da qualidade dos serviços prestados.

Elaboração de acordos entre as partes envolvidas para nortear os resultados esperados.

Não perca mais tempo, resolva seus conflitos e alavanque seus resultados.